Biografia

No final dos anos 70, Sula, suas duas irmãs e uma amiga formaram o conjunto “As Melindrosas”. Fizeram grande sucesso perante o público infanto-juvenil, vendendo um milhão de discos e tiveram vários discos gravados. O sucesso as levou a fazer um filme, uma comédia musical chamada “É proibido beijar as Melindrosas”.

A fase de adolescência de Sula foi marcada pela participação no conjunto. Sua carreira no conjunto durou três anos.

Ficou afastada da vida artística por quatro anos e depois deste período, decidiu então entrar para o mundo sertanejo que naquele período passava por grandes transformações.

Há algum tempo a música sertaneja vinha sendo renovada. Chitãozinho & Xororó, João Mineiro e Marciano, entre outros, vinham dando uma nova feição a esse estilo de música, conquistando públicos diferentes daqueles que acompanhavam as tradicionais duplas.

Sula, que já tinha em seu gosto musical este estilo como seu predileto, percebeu que poderia apostar naquele caminho novo e promissor. Gravou uma fita com músicas sertanejas, elaborou um projeto visual diferenciado e foi à luta, atrás de quem poderia ajudá-la. Não foi fácil. Até o primeiro disco nessa nova fase, Sula percorreu inúmeras gravadoras.

Após três anos nessa busca, finalmente acabou encontrando sua oportunidade na gravadora 3M. Eles estavam procurando justamente o que Sula oferecia.

Iniciou carreira solo, estava nascendo Sula Miranda, nome que passou a adotar a partir de então. Sula assinou contrato com a 3M e lançou seu primeiro disco, em julho de 1986. Em outubro desse ano, já era recorde de vendas. O sucesso de Sula estava traçado desde o início. Ela veio no movimento de renovação que a música sertaneja estava tendo.

Era jovem, talentosa e cheia de garra, o novo gênero tomou conta dos programas de rádio e televisão.

O sertanejo-urbano, mistura da tradicional música caipira com toques de modernidade nos temas e na introdução de instrumental eletrônico. E assim, ela estava preparada para buscar o seu objetivo.

Sula sabia que as pessoas que gostavam deste gênero musical, gostavam de ouvir falar da vida dos peões de boiadeiro e dos caminhoneiros, todos os cantores deste estilo dedicavam faixas em seus discos a estas duas classes. Teve a felicidade de encomendar uma música a Joel Marques, compositor consagrado, uma canção que falasse da vida da esposa do caminhoneiro, este foi o segredo do sucesso, empatia imediata com a música “Caminhoneiro do Amor”. Em dois meses, todas as rádios estavam tocando essa música. Logo no lançamento, as vendas atingiam mais de cem mil cópias. Aproveitando o embalo, Sula gravava um videoclipe .

Era a sua hora. Os convites para shows não paravam de chegar. Era o sucesso e Sula sabia que tinha que aproveitar. Chegava a fazer 25 shows por mês em eventos por todo Brasil.

Gravou muitos compositores famosos e conceituados ao longo dos anos. Participou de vários programas de rádio e televisão.

Sempre teve forte presença no palco. Atraía públicos de 30 mil a 100 mil pessoas em cada espetáculo. Com seu carisma, prestígio e credibilidade foi uma das cantoras do estilo sertanejo, mais requisitada do país, para anúncios e campanhas publicitárias. Sua marca foi licenciada para diversos produtos. Montou uma grife e abriu 40 lojas franqueadas por todo país com grande sucesso por muitos anos.

A COR ROSA, O SÍMBOLO DE SUA CARREIRA.

Essa cor, porém, apareceu por acaso na vida dela. No início da sua carreira, Sula alugou uma casa para instalar seu escritório. Chamou um pintor e pediu que ele pintasse as paredes na cor bege, em um tom bem claro. O pintor errou a cor e acabou pintando cor de rosa. A partir desse fato a vida de Sula mudou, e a cor rosa passou a fazer parte do seu dia a dia, virou uma marca registrada e reconhecida pelo publico durante o período em que atuou como cantora.

Seu ônibus que excursionava pelo país, seu carro, moto e até mesmo bicicleta, ou seja, todo tipo de transporte, para sua locomoção pessoal, tinham esta cor. Até os dias de hoje, a imagem da cor rosa é associada ao seu nome em todo país.

Contato para show ou contratar show do Sula Miranda entre em contato no 11 3722-0135 ou embrashow@embrashow.com.br

Contato

+55 11 3722-0135
embrashow@embrashow.com.br





Vídeos